Quinta-feira, 27 de Outubro de 2005

Fantasia

Sonho com o teu corpo


Suado, despido, sofrido, sentido,


Sobre o meu,


Sentido, sofrido, despido, suado.


 


Sonho com a tua respiração ofegante


Sobre a minha pele desnudada,


As tuas mãos nervosas e firmes


Descobrindo que de meus poros


Pingam vontade e paixão.


 


Sonho que nossos corpos


Se reconhecem e se fundem,


Sonho que o nosso olhar


Se prolonga pelo infinito


Onde num qualquer canto


Foi escrito,


Eu sou tua, tu és meu…


 


Virgínia Pedras

publicado por semipoetisa às 19:17
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
Quarta-feira, 26 de Outubro de 2005

Inveja

Tentei versificar a inveja,


Nem a tinta se conseguiu expressar.


 


Ultrapassa-me.


 


Virgínia Pedras

publicado por semipoetisa às 16:19
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Terça-feira, 18 de Outubro de 2005

Saudade

Pintei uma melodia em aguarelas


Soprei-a ao vento


E pedi-lhe que a chovesse perto de ti.


 


Foi o meu coração


Cantou as cores do sentimento,


Este artista vagabundo


Do pincel fez instrumento.


 


A chuva não caiu


E a musica não se ouviu


Na pintura, uma pauta.


No coração, a tua falta.


 


Virgínia Pedras

publicado por semipoetisa às 14:54
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Quarta-feira, 12 de Outubro de 2005

Pormenor

O musgo do mármore


Entre a chuva oblíqua,


Um cheiro inerte


Que passa e fica.


 


Uma folha rasgada


Por entre a ramagem,


Uma gota acamada


Que perdeu viagem…


 


São assim os pormenores…


 


Virgínia Pedras

publicado por semipoetisa às 15:41
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
Sexta-feira, 7 de Outubro de 2005

Saudade

De pincel na mão


Pintei uma mulher


Em aguarelas.


 


Dilui-lhe todas as mágoas em tinta


E pintei-lhe uma lembrança…


 


Nas faces sem rosto


Uns pingos de saudade


E um sorriso sem lábios.


 


Virgínia Pedras

publicado por semipoetisa às 17:14
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Segunda-feira, 3 de Outubro de 2005

Encantamento

No azul do céu,


Um olhar infinito.


 


No silêncio das cores,


Melodia celeste.


 


Na beleza das coisas,


Um constante pensamento…


 


Em segredo agradeço-te


O encantamento.


 


Virgínia Pedras

publicado por semipoetisa às 14:36
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Tua

. Que o orvalho da noite

. Poema

. Nós

. Fantasia

. Inveja

. Saudade

. Pormenor

. Saudade

. Encantamento

.arquivos

. Julho 2008

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds