Segunda-feira, 16 de Maio de 2005

Companheiros

Conversas perdidas


Entre fumaça, cerveja e tremoços.


Companheiros!


 


Flúem gargalhadas


A cinza e cigarros queimados.


Companheiros!


 


Tardes esquecidas


Horas passadas no culto do copo.


Companheiros!


 


Ah…saudade, companheiros


Saudade!


 


Virgínia Pedras

publicado por semipoetisa às 18:04
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De ferrus a 19 de Maio de 2005 às 13:08
Se a saudade existe é porque as horas foram boas, as cervejas frescas, os tremoços salgaditos qb e os amigos escreviam-se com um "A" maiúsculo! Saudades!...Ainda bem que as sentes :-) Bjitos!
De vasco a 18 de Maio de 2005 às 16:10
Saudades! As saudades que eu tenho da tertúlia! A hora lunática e do corpo amado... Brindo a esses momentos. Beijos.
De Rata Zinger a 18 de Maio de 2005 às 11:10
:-)
De Maria do Cu a 16 de Maio de 2005 às 22:04
Virginia, as pessoas, não tem quase mais tempo para essas horas. Andam apressadas demais e esquecem-se de momentos como esses e de outros especiais... Beijinho, Maria do Céu.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Tua

. Que o orvalho da noite

. Poema

. Nós

. Fantasia

. Inveja

. Saudade

. Pormenor

. Saudade

. Encantamento

.arquivos

. Julho 2008

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds