Quarta-feira, 15 de Junho de 2005

Recomeçar

Rasguei as mágoas que trazia embebidas em limão,


Queimei as lágrimas que corroíam como ácido,


Verti no vazio memórias e ilusões.


Agora quero amar!


 


Espalhei ao vento o passado,


Cinzas de um tempo cessado.


Agora vou amar.


Vou amar-te!


 


Virgínia Pedras

publicado por semipoetisa às 19:11
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De Cludia Rodrigues a 23 de Junho de 2005 às 14:42
:-)
De ferrus a 20 de Junho de 2005 às 14:46
Viva a renovação, o recomeço, o andar novamente em direcção ao pôr do sol :-)) Lindo!!! Bjitos!
De Lus a 17 de Junho de 2005 às 02:00
É bom recomeçar...
De vasco a 16 de Junho de 2005 às 11:50
Bonito poema. Quando puderes dá uma leitura no 'Rente ao Dizer' de Eugénio de Andrade. Acho que ias gostar... Beijinhos.
De samael lateralus a 15 de Junho de 2005 às 23:14
apenas mais um começo...
De Joo a 15 de Junho de 2005 às 20:24
é impressão minha ou ja vi este peoma? jinhos **

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Tua

. Que o orvalho da noite

. Poema

. Nós

. Fantasia

. Inveja

. Saudade

. Pormenor

. Saudade

. Encantamento

.arquivos

. Julho 2008

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds