Quarta-feira, 2 de Março de 2005

Persistência

Eu hei-de ser flor, e cheiro, e dor,


Hei-de ser fumaça, palavra e luz,


Hei-de ser mágoa, lembrança...ferida.


Mas não hei-de ser nunca, folha caída...


 


 Virgínia Pedras

publicado por semipoetisa às 19:21
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De catarina a 8 de Março de 2005 às 22:11
Devo admitir que se o acaso me fez aqui vir pela primeira vez e ler a poesia que escreves, desta foi o espirito de descoberta que me fez regressar.
confesso que a tua poesia me toca duma forma deveras impressionante,pois exprime muito dos pensamentos que diariamente tenho e que mal consigo exprimir,felicito-te pois, mais uma vez.
De andrye a 3 de Março de 2005 às 12:01
Primeiro q tudo adorei o template :) este texto é mt bonito e mostra a tua linda força interior,e é assim q tens de pensar sempre,q seras capaz de tudo e nc cairas..nc seras uma folha caida..beijokas.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Tua

. Que o orvalho da noite

. Poema

. Nós

. Fantasia

. Inveja

. Saudade

. Pormenor

. Saudade

. Encantamento

.arquivos

. Julho 2008

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds